Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

01.Out.15

#124 Tour para encher a dispensa

Hoje dia de folga, inicio do mês, encher dispensa...

Lembrei-me dos tempos em que íamos as compras com a minha mãe, saímos cedo, íamos ao Carrefour de Telheiras, normalmente passávamos lá o dia, era dia de comer porcaria ir ao Mac, irmos para casa carregados de sacos no autocarro.

Sim no autocarro que lá em casa não havia nada de carro.

Olhava para minha mãe e pensava - Fogo, ela tem muita força. Como é que carrega isso tudo sozinha?

Nós íamos com ela todos felizes , sem noção , talvez até atrapalhávamos as vezes.

Fui as compras de manhã, a rotina que estabelecemos quando estava de licença acabou, a ideia de voltar ao shopping depois de sair do trabalho sabádo ou domingo, não me agrada, não faz sentido.
Quero aproveitar as tardes, nem que seja para estarmos os 4 no sofá.

Em 2h e tal, fiz um tour por 3 supermercados, carreguei muito mas do carro para casa.

A folga ainda não acabou a mais para fazer .... mulher sofre!!!

Edna Morais *