Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

22.Mai.16

#171 Marido workaholic, mulher a beira de um ataque de nervos!!!!

Estes dois últimos meses foram de loucos, estive praticamente sozinha ou porque o Luís estava fora -1 mês - ou porque fartou-se de trabalhar, e não tinha horas para nada, horas extras, noites mal dormidas a trabalhar em casa.

Não querendo falar demais e já falando porque a vida não é um mar de rosas, fases que passamos que não têm nada de românticas, é assim a vida real.

Esta relação dele com o trabalho já vem de trás, quando namorávamos e estragava os planos de fim de semana, depois casamos e passou a estragar o que combinávamos os dois as vezes no dia a dia. Não era muito grave, com os filhos as coisas complicam-se. O Francisco continuava a ficar doente.

Não acontece sempre, tem fases, de todas -estamos juntos a 13 anos - esta foi a pior. Andava mesmo zangada, cansada, triste, sei lá mais o que, com ele, com tudo, por não ter ajuda com os miúdos principalmente a dele. As 5 horas que trabalho por dia eram um escape, momento calmo, sem pensar em tudo o que se passava em casa.
.
O trabalho dele parece uma amante caprichosa, as vezes não lhe liga nenhuma , outra vezes não o larga. Sei que é esse trabalho que nos permite ter a vida que temos, sem stress - bem diferente , da que tive- mas as vezes é agridoce.

Desde de que voltamos não tocou no trabalho, viu tv, brincou com filhos, ajudou-me, esteve em modo zen.

Agora vai acalmar, diz ele, e eu acredito, porque não iria acreditar?

Venha a paz e sossego

Edna Morais*


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.