Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

18.Fev.15

#2 Férias forçadas

Depois de me apresentar como falsa escritora, já posso escrever o meu primeiro post oficial.
Isto de estar de "férias" - como dizem algumas pessoas, claro que estou a ser irónica, como se estar de baixa fosse uma maravilha - tem algumas coisas boas. Além de ver tv e estar sentada no sofá praticamente o dia todo - em vez de ler os livros que o meu irmão me fez o favor de trazer emprestados no Natal - e de estar constantemente a pensar no que vou comer a seguir ( depois queixo-me dos números a mais na balança, como se eles aparecessem por magia  ...).
Uma das coisas boas é que tenho ficado com a Inês em casa, e tem sido bom ficarmos as duas na ronha, não sair de casa quando chove, brincar com ela, ouvir as historias dela, etc. Nos dias bons (dias sim), por momentos percebo as mães que ficam com os filhos em casa, é muito bom vê-los crescer.
Mas claro que não corre sempre tudo bem, e quando não corre arrependo-me (mesmo) de ficar com ela, porque ela não esta num dia bom e tira me do sério.
Hoje foi um dia mais ou menos, não dormiu a tarde toda,por isso tive sono e boa disposição a mistura, resultado : birras e filmes.

Pensamento do dia : Graças as "férias " tenho visto a minha mini crescer e sabe-me muito bem <3

e desculpem as falhas no português