Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

17.Jun.15

#2 Os 30 - Não parece nada!

Na semana passada, estava com o Francisco ao colo a falar com uma pessoa e a conversa rapidamente me levou a falar da Inês, a senhora ficou com um ar assustado.

Perguntou-me logo a idade. Disse que tinha 30 anos. 

Ela disse que não parecida nada - pensei espero ouvir isso daqui a 10 anos- pareceu aceitar melhor a ideia de eu ter 2 filhos. 

Esta semana, quando estamos em casa, a campainha esta sempre a tocar e de vez enquando lá aparece alguém para nos vender algum serviço de televisão, desta vez era da Nos. 

Vou a correr abrir a porta, o F. estava no meu colo, o rapaz estava a falar das campanhas, aparece a I.
e ele pergunta com o mesmo ar assustado da senhora : - São os dois seus filhos?

Só me apetecia rir, ok não pareço ter 30 anos mas também não pareço ser menor de idade.

Respondi que sim. Ficou a olhar com aquele ar a pensar coitadinha.

No fim atrapalhado deixou me 3 canetas 1 para mim e uma para cada um dos meus filhos. 

Edna Morais*