Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

05.Jun.15

#53 Produto nacional

Os produtos nacionais realmente são bonitos, diferentes e acredito que tenham qualidade.

Mas são tão caros. Fico chocada quando vejo coisas giras, fofinhas, mas assusto me quando pergunto o preço. 

Esta semana já foram duas vezes, uma cesta de piquenique, sim é fofa, personalizada mas entre 80 a 149€. 

Sem falar na roupa de criança... É melhor passar a frente.

Tenho as contas pagas, não andamos a passar mal, mas é revoltante ver que num pais em que as pessoas não andam a esbanjar dinheiro, que a maioria do produto nacional não seja acessível as massas.

É nacional é bom, mas não é para nós porque é caro. Tenho dito.

Edna Morais *