Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

Escrita sem sentido nenhum

É o nome mais justo, porque na verdade não tem sentido nenhum só uma grande vontade de escrever sobre o meu dia a dia, filhos, marido, isto de ser mulher, de estar longe dos meus, das saudades, dos bons amigos, das coisas simples...

23.Ago.17

#194 Até amanhã

Edna Morais
No meu rico mês de Agosto várias pessoas da minha família fazem anos. Sobrinho, primas, filha, mãe e ainda o meu avô. É um mês cheio de festa, se estivéssemos todos perto era lindo, era um bolo de aniversario semana sim, semana sim (lá se ia a minha espécie de dieta).   No ano passado quando a minha Inês comemorou os 4 anos ficou muito triste porque não estava cá a avó C. ( a minha mãe), a minha mãe como super avó que é, prometeu que no ano seguinte estaria no (...)
23.Jun.17

#190 TBT

Edna Morais
   #tbt  Neste mês de Junho que nunca mais acaba, é a 2ª vez que fico em casa de quarentena, primeiro a Inês agora o Francisco. Já ficam despachados como se costuma dizer. ~ A varicela chegou a nossa casa. Quando foi a I. ficava o dia todo em casa e a noite ia trabalhar, (...)
08.Jun.15

#8 Domingar - Piquenique (a repetir)

Edna Morais
O sábado foi de corre corre, o pai cansado, a mãe a organizar, a Inês em pulgas para o piquenique de domingo e o Francisco na boa. Domingo a I. acordou cedo, não nos fossemos nós esquecer que íamos fazer o piquenique. Cada passo que dava ela seguia me como uma sombra. Não fosse eu sair e esquecer me dela. Fomos a Serra da Freita, já tínhamos ido lá a muito tempo com neve - ainda não existia sequer projecto de I., eu tinha ido com as colegas, mas nunca com o pessoal cá de casa. T (...)